Tiroteio em Guararema deixa 11 mortos (foto: internet)
Tiroteio em Guararema deixa 11 mortos (foto: internet)

Depois de uma quadrilha tentar assaltar dois bancos, os criminosos ainda fizeram uma família refém durante a fuga. A tentativa de assalto acabou deixando 11 mortos depois de um tiroteio realizado em Guararema em São Paulo.

A tentativa de roubo em dois bancos acabou terminando em um tiroteio na cidade que fica a cerca de 80 quilômetros de distância da capital, realizado na madrugada de quinta-feira. Conforme a Polícia Militar informou, eram 25 criminosos, onde 11 foram mortos pela polícia.

Confira Também: Presidente do Inep foi exonerado e Ministro da Educação explica o porquê

Tiroteio em Guararema deixa 11 mortos (foto: internet)
Tiroteio em Guararema deixa 11 mortos (foto: internet)

Tentativa de roubo aos bancos

Em Guararema, a tentativa de assalto a dois bancos acabou deixando 11 criminosos mortos, ao que se parece eram 25 no total. Ainda houve um suspeito sendo preso hoje e as buscas pelo restante do grupo continua.

João Doria, governador de São Paulo, divulgou uma mensagem em que parabeniza a polícia, gerando polêmica ao dizer que “colocaram no cemitério mais dez bandidos”. Ainda no ataque, uma família foi feita de refém na fuga de um dos assaltantes, mas ninguém se feriu. O assaltante teria mantido os reféns, mas morreu baleado.

O tumulto começou pelas 4 horas da manhã, em que os assaltantes estavam fortemente armados e dentro de veículos blindados, totalizando cinco caros. Eles entraram em uma agência do Santander e do Banco do Brasil, localizados na região central.

As câmeras conseguiram mostrar os ladrões circulando armados próximos das agências e depois a polícia chegando no local, o que fez com que os criminosos fugissem. Os moradores daquela região também gravaram o som dos tiros que foram trocados entre a polícia e os criminosos.

De acordo com o Santander houve apenas uma tentativa de furto e o Bando do Brasil informou que a agência havia sido vandalizada e que está analisando os danos causado no prédio. Ambos os bancos vão colaborar com as investigações, mantendo as agências fechadas nos próximos dias.

Ainda não foi possível apurar toda a munição que foi encontrada, pois o local está sendo preservado nesse momento, o que faz com que não possa ser mexido. É possível já ter percebido que os criminosos estavam fortemente armados.