20 de Maio de 2020, atualizado ás 03:05

“Quem é de direita toma cloroquina, quem é de esquerda, Tubaína” dispara Bolsonaro

Por: | Notícias



O presidente Jair Bolsonaro em live na noite desta terça-feira, 19 ( dia em que o Brasil atingiu a marca de 1.179 mortes causadas em decorrência do novo coronavírus), falou sobre o uso da cloroquina em pacientes com sintomas leves de covid-19.

De acordo com Bolsonaro o ministro interino da Saúde, general Eduardo Pazuello, irá assinar na manhã de quarta-feira, 20, novo protocolo para permitir o uso da cloroquina em pacientes em estágio inicial de contágio do coronavírus. 

O atual protocolo adotado pela pasta prevê o uso da cloroquina somente em casos de pacientes graves e críticos com coronavírus. Confira essa e outras matérias aqui no Estado News.

Bolsonaro ironiza com comparação entre medicamento e marca de refrigerante

“Quem é de direita toma cloroquina, quem é de esquerda, Tubaína” dispara Bolsonaro

Atualmente a cloroquina vem sendo utilizada caso o médico avalie necessário e com o consentimento do paciente. Além disso, até agora nenhum estudo no mundo comprovou a eficácia da substância para cura da covid-19.

“O que é a democracia? Você não quer? não faz. não é obrigado a tomar cloroquina”… “Quem é de direita toma cloroquina. Quem é de esquerda toma Tubaína”, ironizou o presidente, ao fazer comparação com a marca de refrigerante.

O presidente Bolsonaro ainda admitiu que, no futuro, pode ser que o medicamento seja reconhecido como apenas uma espécie de placebo no combate à Covid-19. 

Assim como, acrescentou, que também poderia se chegar à conclusão de que a substância realmente foi útil para curar infectados pelo novo coronavírus.




Maricelma Maiara

https://www.estadonews.com/

Sou fã da MCU, adoro ler e ouvir música.

  

0 Comentários