09 de Abril de 2019, atualizado ás 21:04

Chuva no Rio com números de mortos subindo



Por: | Notícias

Compartilhar:
         

Chuva no Rio com números de mortos subindo (foto: internet)

Na segunda-feira pela noite caiu uma tempestade no Rio de Janeiro que já tem um número de 7 mortos. Foi um homem em Gávea, outro que estava em Santa Cruz, além de duas irmãs no Leme e mais três pessoas que estavam em um táxi em Botafogo. Hoje ainda segue com chuva no Rio de Janeiro.

Já foi declarado estado de crise, sendo o mais alto de uma escala, declarado desde ontem 20h55. Essa é uma recomendação que faz com que os habitantes não tentem se deslocar. Com tanta chuva, o número de mortos ainda pode ser desconhecido.

Confira Também: Vélez foi demitido

Chuva no Rio com números de mortos subindo (foto: internet)

Estágio de crise

Foram três corpos encontrados dentro de um táxi na Avenida Carlos Peixoto, na Zona Sul do Rio, em Botafogo. Os corpos seriam da avó e neta, além do motorista do veículo. Eles estavam desaparecidos depois de terem saído do RioSul. Os policiais conseguiram descobrir a localização através do sinal de GPS do veículo.

Já no Leme, no começo da madrugada, um deslizamento acabou atingindo o Morro da Babilônia, o que matou duas irmãs que eram vizinhas. Havia também informações de que crianças podiam estar soterradas, mas não foram encontradas. Duas mulheres foram resgatadas do lamaçal, além de outras pessoas feridas e um desaparecido.

Ao todo foram 3 mortes em Botafogo, além de 2 mortes no Morro da Babilônia, bem como 1 morte na Gávea e 1 morte em Santa Cruz. Foram 45 sirenes acionadas nas 26 comunidades. Foi entrado em estágio de crise no Rio de Janeiro as 20h55.

A Barra/Barrinha foi o local onde mais choveu. As aulas foram suspensas na terça-feira na rede pública. O trecho da Ciclovia Tim Maia também desabou, além de que a Av. Niemeyer foi interditada. Os bombeiros utilizaram barcos para poder resgatar as crianças que estavam no Jd. Botânico.

Em quatro horas no Rio de Janeiro choveu mais do que nos dias 6 e 7 de fevereiro, onde houve um temporal que causou 6 mortes. Já está no nível mais alto de risco de crise acionado pela prefeitura, demonstrando a força da chuva e do estrago do temporal.




Daniel Libanio

Daniel é empresário e empreendedor digital nato. Graduando em Direito, é o Fundador do site e gerencia as as estratégias de marketing e desenvolvimento. Contato: daniellibanio0904@gmail.com

  

0 Comentários