11 de Junho de 2019, atualizado ás 10:06

Carnes deverão ser exportadas novamente para a China



Por: Thiago Samuel | Notícias

Compartilhar:
         

É sabido que as exportações de carne bovina do Brasil simplesmente deverão recuar ainda no mês de junho, justamente devido à suspensão dos embarques para a China, isso deverá ocorrer justamente por motivo da “vaca louca” em Mato Grosso, essa informação foi passada pela Associação Brasileira de Frigoríficos (Abrafrigo) ainda nesta sexta-feira (07).

Porém, a própria Associação acabou informando que até o final do mês de junho, então o Brasil deverá voltar a vender para a China novamente, sendo que a mesma atualmente é o principal para a carne bovina brasileira. Sendo assim, o que acontecerá é que os negócios que forem represados em junho de fato elevariam os embarques em julho, desta maneira haverá a possibilidade de patamares recordes.

Confira Também: Presidente Bolsonaro sanciona lei para internação involuntária de dependentes químicos

Carnes deverão ser exportadas novamente para a China (foto: internet)

Aumento dos embarques de carnes para a China

A própria China atualmente junto com Hong Kong acaba por representar em torno de 40% das exportações total desses produtos, isso porque os citados estão enfrentando graves consequências da contaminação de suas criações de porcos justamente por causa da peste suína africana. Desta maneira, o Brasil tem se destacado fortemente na importação de várias proteínas para a China e para Hong Kong.

Além disso, no mês passado, os embarques tanto de carne quanto de frango do Brasil aos chineses acabou tendo um crescimento de 50%, no entanto, ainda na segunda-feira (03) o Brasil resolveu suspender as exportações de carne bovina para a China, após a confirmação de alguns casos atípicos da doença vaca louca em Mato Grosso.

Porém, o Ministério da Agricultura acabou informando que não há risco de contaminação, e que a própria suspensão partiu do Governo Brasileiro que decidiu seguir um acordo assinado com a própria China em 2015.

Além do mais, o governo brasileiro também deve retomar em breve os embarques para à China novamente, a ministra da Agricultura Tereza Cristina afirmou ainda que o Brasil atualmente é o maior exportador global de carne bovina.

Porém, ao cancelar os embarques neste mês o governo acaba por interromper um excelente desempenho dos embarques brasileiros, inclusive em relação ao mês de maio de 2018 houve um aumento nas exportações de 35%.

 

Fonte: G1




Thiago Samuel

Thiago é redator do Estado News e também responsável pelas redes sociais. Além disso, ele é o responsável pelo contato e comunicação do site. Para falar com ele, basta enviar um email para samueltrainer87@gmail.com ou 79996601661

  

0 Comentários