Bolsonaro viaja hoje pela primeira vez ao Nordeste (foto: internet)
Bolsonaro viaja hoje pela primeira vez ao Nordeste (foto: internet)

Confira Também:

É hoje que Bolsonaro vai pela primeira vez como presidente para o Nordeste. É a única região que ele não venceu durante as eleições, o que pode causar um estranhamento. A agenda dele deve ser cumprida em Pernambuco, passando por Recife e Petrolina.

Desde a posse no começo do ano é a primeira viagem que faz para um estado do Nordeste. Deve ficar em Pernambuco durante a viagem, passando por Recife e Petrolina, onde já se encaminhou para seus compromissos hoje.

Confira Também: Demora para aprovações de reformas fará com que o Brasil cresça abaixo da média mundial

Bolsonaro viaja hoje pela primeira vez ao Nordeste (foto: internet)
Bolsonaro viaja hoje pela primeira vez ao Nordeste (foto: internet)

Viagem para Bolsonaro não ganhou

Ainda na quarta-feira, Bolsonaro já havia recebido a presença de senadores e deputados que fazem parte da bancada nordestina, onde tiveram um café da manhã. O encontro foi como uma prévia para a viagem de hoje.

Bolsonaro disse para os parlamentares que queria ouvir o que eles tinham para dizer, visto que são eles que sabem quais os problemas que a população nordestina enfrenta. Essa reunião serve para Bolsonaro já estar preparado para a agenda de hoje.

De acordo com os parlamentares, eles solicitaram que haja um fortalecimento entre os órgãos da região, principalmente com o Banco do Nordeste. Além disso, pediram para concluir as obras de infraestrutura.

Na sexta-feira, Bolsonaro deve passar por um debate junto com os governadores da região sobre o plano regional de desenvolvimento, avaliando os pontos que já foram propostos para essa região.

Conforme a eleição, apenas o Nordeste é que não elegeu Bolsonaro, onde ele não venceu em nenhum lugar no segundo turno. Como era segundo turno e a disputa era entre ele e Haddad, no Nordeste foram registrado 69,7% de votos para Haddad, contra 30,3% para o Bolsonaro.

O Nordeste é ainda a região que quando foi feito um estudo de reprovação em abril ao governo de Bolsonaro foi o que teve o maior índice. De acordo com a pesquisa, 39% dos que foram entrevistados acreditam que o governo está ruim ou péssimo.

As melhores taxas de aprovação nessa pesquisa para Bolsonaro foram nas regiões Sul, onde ele conseguiu 39% e também para o Centro-Oeste/Norte em que ele conseguiu 38%. Visita de hoje é importante para presidente.