05 de Abril de 2019, atualizado ás 20:04

Bolsonaro debate sobre horário de verão com ministro de ministro e minas e energia



Por: | Notícias

Compartilhar:
         

Bolsonaro debate sobre horário de verão com ministro de ministro e minas e energia (foto: internet)

Com uma declaração, Bolsonaro diz que está prestes a acabar com o horário de verão para começar a entrar em vigor esse ano ainda. Em 2017, no governo de Michel Temer, já havia sido cogitado dar fim ao horário de verão.

Através de uma declaração em um café da manhã junto de jornalistas no Palácio do Planalto, Jair Bolsonaro declarou que deve dar fim ao horário de verão já para esse ano. Já estava sendo especulado que isso fosse acontecer, com a fala do presidente, vem a confirmação.

Confira Também: Tiroteio em Guararema deixa 11 mortos

Bolsonaro debate sobre horário de verão com ministro de ministro e minas e energia (foto: internet)

Sem horário de verão esse ano

De acordo com a fala de Bolsonaro, a sugestão de acabar com o horário de verão veio do deputado João Campo e já passou por discussão no Ministério de Minas e Energia. Já havia sido avaliada essa ideia em 2017 com Michel Temer, onde na época, o Ministério de Minas e Energia disse que a economia gerada pelo horário de verão tinha passado de R$ 405 milhões para R$ 159 milhões.

A explicação para a queda na economia foi a mudança no uso de energia, onde o maior consumo estava no horário mais quente do dia, por conta do uso de ar-condicionado. No ano passado, foi alterada a data do início do horário de verão para não causar confusões em relação as eleições. Só que ao adiar a data, acabou tendo problemas também com as provas do ENEM.

Desde 2010, o Brasil teria economizado R$ 1,4 bilhão desde que começou a adotar o horário de verão. De acordo com os números divulgados, aproveitar mais o sol fez com que os consumidores conseguissem economizar R$ 835 milhões de 2010 até 2014.

São 70 países no mundo todo que adotam o horário diferenciado, sendo cerca de um quarto da população mundial. Alguns países que adotam essa medida, por exemplo, são o Uruguai, Canadá, Austrália, Chile, Groelândia, México, Paraguai.

Outros países como Japão, China e Rússia, não utilizam o horário de verão. O objetivo principal desse horário diferenciado é economizar energia elétrica, adiando o começo da noite, fazendo com que menos pessoas tenham que ligar as luzes mais cedo.




Daniel Libanio

Daniel é empresário e empreendedor digital nato. Graduando em Direito, é o Fundador do site e gerencia as as estratégias de marketing e desenvolvimento. Contato: daniellibanio0904@gmail.com

  

0 Comentários