05 de Abril de 2020, atualizado ás 17:04

Bolsa Família: Aumento do valor do saque neste mês de Abril

Por: | Notícias



Neste mês as pessoas beneficiárias do Bolsa Família realizarão o saque de um valor maior, visto que terão prioridade no recebimento do Auxílio Emergencial. Portanto, o governo disponibilizará o valor de R$ 600,00 para as pessoas que participam do programa assistencial.

Contudo, o voucher é uma das medidas instituídas pelo governo para auxiliar a parcela da população mais vulnerável frente a economia afetada pela pandemia ocasionada pelo COVID-19.  

Confira também Estado News no Google News.

Portanto, devido os beneficiários do programa Bolsa Família já receberem um valor mensal do governo, facilita a realização do saque do auxílio emergencial. Visto que o sistema já possui os registros destes no banco de dados federal.  Ou seja, este já é um público conhecido pelo sistema público e o pagamento do voucher pode ser agilizado.

Vale ressaltar, que o auxílio emergencial pode chegar ao valor de R$ 1.200,00 para homens e mulheres sozinhos, ou seja, que arcam com a responsabilidade por toda renda familiar. Assim como, o Ministério da Cidadania pretende realizar o primeiro pagamento do auxílio na próxima folha, a qual tem início dos pagamentos a partir de 16 de abril.

Quem recebe Bolsa Família automaticamente recebe o Auxílio Emergencial?

Bolsa Família: Aumento do valor do saque neste mês – Foto: Jornal Semanário

Primeiramente, o Auxílio Emergencial se destina aos trabalhadores informais, autônomos, trabalhadores com contrato intermitente inativo e microempreendedores individuais, assim como aos beneficiários do programa Bolsa Família.

De acordo com informações fornecidas pelo Ministro da Cidadania, Onix Lorenzoni, aos beneficiários do Bolsa Família e às pessoas registradas no Cadastro Único do Governo Federal o pagamento do auxílio será pago automaticamente, sem que elas dependam do aplicativo que será lançado exclusivamente para o recebimento da ajuda governamental.

+ Corinthians em momento de diversão cria: “La Casa da Fiel”

Ainda, de acordo com o Ministro da Cidadania: “Quem está no Bolsa Família, fique tranquilo. Receberão a partir de 16 de abril, que é o calendário do programa. As pessoas vão receber o que for mais vantajoso, o Bolsa Família ou o auxílio emergencial. A Caixa vai pagar de R$ 600 para cima. Aquele que está no Bolsa Família não precisa fazer nada no aplicativo”.

Assim como, o Programa Bolsa Família não sofrerá cortes durante o período de calamidade pública devido a Pandemia por Coronavírus, conforme determinado pelo Ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Marco Aurélio Mello.

Veja os requisitos para ter direito ao Auxílio:

1. Trabalhadores que cumpram uma das condições:
a) Ser microempreendedor individual (MEI)
b) Ser contribuinte individual ou facultativo do Regime Geral de Previdência Social (RGPS)
c) Ser trabalhador informal inscrito no Cadastro Único – quem não estiver cadastrado poderá fazer uma autodeclaração por sistema digital que está sendo desenvolvido pelo governo
d) Ter cumprido o requisito de renda média até 20 de março de 2020

2. Ter mais de 18 anos

3. Família com renda mensal per capita (por pessoa) de até meio salário mínimo (R$ 522,50) ou renda familiar mensal total de até três salários mínimos (R$ 3.135)

4. Não ter tido rendimentos tributáveis, em 2018, acima de R$ 28.559,70.

Ministro Onyx Lorenzoni anuncia inclusão de mais de 1,2 milhão de famílias no Bolsa Família – Fonte: YouTube




Anderson Gomes

Professor de Física que gosta de uma boa música, games e, acima de tudo, estar com a família.

  

0 Comentários